Prefeitura de Araxá recomenda que famílias atualizem o cartão de vacinas

18

O alerta é feito porque no verão as chuvas são frequentes, aumentando os riscos de dengue e febre amarela.

Janeiro é mês de férias, descanso e uma oportunidade de as famílias aproveitarem para colocar o cartão de vacinas dos filhos em dia. Em Araxá, a cobertura vacinal de febre amarela está abaixo de 95% que é o índice preconizado pelo Ministério da Saúde. A Administração Municipal, através da Secretaria de Saúde, recomenda às pessoas que procurem as unidades de saúde para se vacinarem.

A coordenadora da Vigilância em Saúde, Telma Di Mambro, explica que um levantamento feito pela Secretaria de Saúde de 2007 a 2018, mostrou que a cobertura vacinal para febre amarela na cidade, está em torno de 90%. Mas, na faixa etária de 10 a 14 anos, o índice é de 77%. “No geral a cobertura está boa, mas temos ainda um grupo grande de pessoas não vacinadas e precisamos atingir o índice de 95%. A situação é crítica entre os adolescentes, por ser uma faixa etária em que os pais não tem mais a rotina de procurar médico, nem de levar para vacinar. Precisamos que as famílias nos ajudem a manter esse público imunizado”.

Telma destaca que é uma oportunidade para os pais colocarem o cartão de vacinas dos jovens em dia. A vacina de tétano vence depois de dez anos. Os adolescentes podem atualizar também vacinas contra meningite e HPV. Lembra ainda que a imunização contra a febre amarela é feita com apenas uma dose, quem já tomou a vacina não precisa de reforço. “Recomendo aos pais que tenham o cartão da vacinas em lugar de fácil acesso para estarem sempre conferindo se tem alguma vacina que o filho ainda não tomou. Tudo que já foi feito é anotado com caneta e o que não foi feito fica anotado a lápis. É fácil conferir e em caso de dúvida, a família pode procurar as unidades de saúde, os profissionais vão verificar se o cartão está desatualizado”.

Sobre a dengue, Telma ressalta que o número de casos tende a aumentar nesse período de calor e embora não tenha sido registrado nenhuma caso positivo nos últimos 15 dias, a Secretaria de Saúde está em estado de alerta. Os agentes continuam visitando as residências e a recomendação é que as pessoas redobrem os cuidados, mantendo os quintais limpos, para evitar objetos que podem acumular água.

As vacinas estão disponíveis nas Unis (Uninorte, Unileste, Unisul, Unicentro, Uninordeste e Unioeste). Na Unisa, a Sala de Vacinas foi desativada, porque a Unidade está em reformas