Prefeitura de Araxá realiza Programa Saúde na Escola, que atende quase 11 mil alunos

23

Prefeitura realiza Programa Saúde na Escola, que atende quase 11 mil alunos em Araxá

Serão contemplados 10.875 alunos nos diversos temas propostos pelo programa.

A Prefeitura de Araxá, através de parcerias das Secretarias de Saúde e Educação, confirma a realização do Programa Saúde na Escola (PSE) nesse ano, considerado uma política intersetorial entre os setores e instituída em todo o país pelo governo federal. O PSE é uma estratégia de integração da saúde e educação para o desenvolvimento da cidadania e da qualificação das políticas públicas brasileiras. Em Araxá, serão contemplados 10.875 alunos de 44 unidades municipais de ensino – Escolas e Centros Municipais de Educação Infantil (Emei / Cemei) –, conveniadas e estaduais. Foi realizada uma reunião nesta terça-feira, 12 de março, na sede da Secretaria de Educação para definir o planejamento anual de ações do programa.

Participaram dessa reunião coordenada pela referência técnica da Saúde da Mulher e da Criança / PSE, Carla Constant, as diretoras das unidades de ensino, as equipes do setor de Saúde, a promotora da Infância e da Juventude, Dra. Mara Lúcia Silva Dourado, a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente (CMDCA), Cristiane Gonçalves Pereira, e as secretárias Gessy Glória Lemos e Diane Dutra (Educação / Saúde). As metas do programa em Araxá são de melhoria na qualidade e quantidade das educações de saúde realizadas e da assistência às escolas da zona rural, distribuição de material gráfico para os educandos / familiares com o recurso do governo federal do PSE e aumento de parcerias para realização das ações.

Segundo a secretária de Educação, Gessy Glória Lemos, o programa traz conhecimento para alunos e educadores com temas que refletem a realidade. “São temas como gravidez na adolescência e saúde bucal importantes para criança e adolescente. Quando esse conhecimento é levado a esse público-alvo porque vai ficar no resto de vida delas”. Para a secretária de Saúde, Diane Dutra, o programa trabalha juntos com os educadores. “Nas escolas, foi levantado pelas educadoras as dificuldades em relação a saúde. Nós desenvolvemos práticas dando suporte e material para executar o trabalho. Isso foi muito positivo, estamos chamamos todas as escolas para participar em 2019”, conta Diane.

De acordo com a promotora Dra. Mara, o trabalho articulado entre os órgãos é de suma importância para promover ações de interesse de crianças e adolescentes de Araxá. “A defesa de infância e adolescência é sempre feita em rede. O programa é extremamente valioso que trabalha na linha da prevenção, mas que, com certeza, vai despertar casos concretos de violência contra a criança, sobretudo no aspecto da Saúde. É necessário a presença da promotoria como forma de estabelecer parcerias com os órgãos da Educação e Saúde”, destaca.

Cada escola contemplada deverá realizar no mínimo, duas ações, sendo uma obrigatória que é o combate ao mosquito Aedes Aegypti, e a outra de livre escola da unidade de ensino participante. O programa traz 12 opções de temas a serem abordados pelas escolas dentro da área da Saúde.